Economia

Ásia: bolsas fecham na maioria em queda, com recuo em Xangai, mas alta em Tóquio

Da Redação ·

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única nesta sexta-feira, 6, mas o quadro negativo prevaleceu. Na Bolsa de Tóquio, houve ganhos, impulsionados em parte por ações ligadas ao setor de energia, enquanto Xangai caiu, com papéis de farmacêuticas sob pressão.

continua após publicidade

Em Tóquio, o índice Nikkei fechou em alta de 0,33%, em 27.820,04 pontos. Companhias de instrumentos de precisão ajudaram, com Olympus em alta de 2,0% e Nikon, de 8,4%. No setor energético, Japan Petroleum Exploration subiu 2,1% e K&O Energy Group, 0,5%. A Oanda afirma que, após dados mais fracos do que o previsto hoje de gastos dos consumidores no país, o Produto Interno Bruto (PIB) japonês pode passar por revisão em baixa para todo o ano atual.

Já na China, a Bolsa de Xangai fechou em baixa de 0,24%, em 3.458,23 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 0,16%, para 2.443,06 pontos. Ações de farmacêuticas pressionaram o quadro local, com WuXi Apptec e Shanghai Fosun Pharmaceutical ambas em baixa de 8,5%, após na quarta-feira esta última ter atingido recorde histórico. Já algumas companhias ligadas a veículos elétricos receberam um impulso com o governo dos Estados Unidos almejando meta de 50% de carros elétricos vendidos nos EUA até 2030. Guangzhou Tinci Materials subiu 2,1% e CNGR Advanced Material, 7,8%.

continua após publicidade

Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,01%, a 26.201,02 pontos. O índice chegou a recuar 0,7% durante o pregão, mas reduziu perdas adiante. Em Taiwan, o índice Taiex fechou em queda de 0,44%, em 17.526,28 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi terminou em baixa de 0,18%, em 3.270,36 pontos. Ações ligadas ao varejo e à tecnologia estiveram pressionadas em Seul. Além disso, a decisão do governo sul-coreano de estender regras de distanciamento social mais rígidas diante de nova alta em casos da covid-19 prejudicou o sentimento.

Na Oceania, na Bolsa de Sydney o índice S&P/ASX 200 terminou em alta de 0,36%, em 7.538,40 pontos, recorde histórico de fechamento pelo terceiro dia consecutivo. Ações dos setores financeiro e de tecnologia puxaram o movimento no mercado australiano nesta sexta-feira. (Com informações da Dow Jones Newswires).