MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Artigos farmacêuticos puxaram crescimento interanual do varejo em abril, diz IBGE

O crescimento de 2,2% do volume de vendas do varejo em abril, na comparação com o mesmo mês de 2023, foi bastante espalhado entre as atividades, mas com destaque para a contribuição de artigos farmacêuticos, que cresceu 18,9% no período, detalhou nesta qu

Marianna Gualter (via Agência Estado)

·
Escrito por Marianna Gualter (via Agência Estado)
Publicado em 13.06.2024, 11:58:00 Editado em 13.06.2024, 12:04:08
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O crescimento de 2,2% do volume de vendas do varejo em abril, na comparação com o mesmo mês de 2023, foi bastante espalhado entre as atividades, mas com destaque para a contribuição de artigos farmacêuticos, que cresceu 18,9% no período, detalhou nesta quinta-feira, 13, o gerente da Pesquisa Mensal de Comércio no IBGE, Cristiano Santos. "Foi a maior amplitude e a maior contribuição", afirmou.

continua após publicidade

O dado, acrescentou, também recebeu impulso do grupo de equipamentos e materiais para escritório, que registrou alta de 16,1% após cair 12% em março.

Houve, por outro lado, queda de 1,3% de hiper e supermercados interrompendo uma sequência longa de altas. Santos chamou a atenção que tanto a abertura quanto artigos farmacêuticos representam atividades que não fecharam durante a pandemia e que tiveram desempenho forte após o período de crise sanitária. "Supermercados registraram a primeira queda, mas artigos farmacêuticos continuam crescendo", pontuou.

continua após publicidade

Varejo ampliado

O volume de vendas do varejo ampliado cresceu 4,9% em abril, na comparação interanual. O dado, afirmou Santos, foi bastante puxado por Veículos e motos, partes e peças (28,8%).

O gerente destacou que, embora o crédito para pessoas físicas tenha começado a cair em abril, o crédito para pessoas para aquisição de veículos continuou crescendo no período. "Ajuda a explicar o resultado mais forte."

Santos também destacou a segunda queda consecutiva em Atacado Produtos Alimentícios, Bebidas e Fumo. O item caiu 13% em abril e 22,9% em março. A distribuição da safra, afirmou, influenciou a atividade para baixo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Artigos farmacêuticos puxaram crescimento interanual do varejo em abril, diz IBGE"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!