Economia

Arrecadação em janeiro soma R$ 235,321 bi, recorde para todos os meses da série

Da Redação ·

A arrecadação de impostos e contribuições federais em janeiro somou R$ 235,321 bilhões, valor recorde para todos os meses desde o início da série histórica em 1995. O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 18,30% na comparação com janeiro do ano passado.

continua após publicidade

Em relação a dezembro, houve crescimento real de 20,71% no recolhimento de impostos.

O resultado das receitas veio acima do intervalo de expectativas das instituições do mercado financeiro ouvidas pelo Projeções Broadcast, que ia de R$ 198,30 bilhões a R$ 234,10 bilhões, com mediana de R$ R$ 212,650 bilhões.

continua após publicidade

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cancelou sua participação no detalhamento dos dados de arrecadação de janeiro prevista para começar logo após a divulgação do resultado.

De acordo com a Pasta, a presença do ministro foi cancelada "por motivos de agenda".

A expectativa era a de que ele fizesse um pronunciamento inicial comentando os dados do primeiro mês do ano. A coletiva segue com os técnicos da Receita Federal.