MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Após devolução da MP do PIS/Cofins, Randolfe diz que Haddad é 'inabalável' no governo

O líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, é "inabalável" no governo Lula. A fala ocorre após o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), d

Letícia Naome e Elizabeth Lopes (via Agência Estado)

·
Escrito por Letícia Naome e Elizabeth Lopes (via Agência Estado)
Publicado em 12.06.2024, 11:44:00 Editado em 12.06.2024, 11:51:28
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, é "inabalável" no governo Lula. A fala ocorre após o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), devolver, na terça-feira, 11, parte da medida provisória assinada pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que limitava a compensação de créditos do (Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Confins).

continua após publicidade

A MP seria um meio de compensar a desoneração da folha salarial de 17 setores da economia e municípios.

Sobre a devolutiva de Pacheco, Randolfe afirmou que o governo "respeita a decisão".

continua após publicidade

Ele avaliou ainda que é "melhor um fim trágico do que uma tragédia sem fim", em referência à fala do senador Jacques Wagner (PT-BA), quando o Executivo sofreu uma grande derrota no Legislativo com a votação dos vetos. "Vamos dialogar junto ao Congresso Nacional para encontrar fontes alternativas", disse à Globonews.

Mesmo com a derrota, o senador ressaltou que o ministro Haddad "é inabalável no governo Lula" e que ele "goza de prestígio e total confiança do presidente Lula".

A fim de tentar estancar as especulações sobre um eventual enfraquecimento do ministro da Fazenda, em razão das derrotas seguidas das matérias essenciais para o governo no Congresso Nacional, o líder disse também: "Haddad tem apoio de todo o governo e também dos líderes."

Ele destacou também que o Congresso irá apoiar as pautas econômicas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

Deixe seu comentário sobre: "Após devolução da MP do PIS/Cofins, Randolfe diz que Haddad é 'inabalável' no governo"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
Compartilhe! x

Inscreva-se na nossa newsletter

Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!