MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Ante incertezas atuais, Fed vai atuar 'com cautela', afirma Jerome Powell

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmou nesta quarta-feira, 1º de novembro, que a autoridade monetária vai atuar "com cautela" frente às incertezas atuais e considerando o quanto os juros já foram ele

Aline Bronzati (correspondente) e Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)

·
Escrito por Aline Bronzati (correspondente) e Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)
Publicado em 01.11.2023, 16:21:00 Editado em 01.11.2023, 16:25:14
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmou nesta quarta-feira, 1º de novembro, que a autoridade monetária vai atuar "com cautela" frente às incertezas atuais e considerando o quanto os juros já foram elevados no país. O efeito total do aperto monetário já adotado ainda será sentido, de acordo com ele. "A orientação da política é restritiva, o que significa que exerce pressão na economia e na inflação e os efeitos totais do aperto ainda não foram sentidos", disse Powell, em coletiva de imprensa, no período da tarde, após o Fed anunciar a decisão de manter novamente os juros estáveis. Em linha com as expectativas de Wall Street, o presidente do Fed disse que o BC dos EUA vai agir com cautela. "Dado o quão longe chegamos e, considerando, as incertezas e os riscos que enfrentamos, agiremos com cautela", afirmou Powell.

continua após publicidade
Compreensão dos problemas causados pela elevada inflação

O presidente do Federal Reserve afirmou ainda que a autoridade compreende os problemas causados pela elevada inflação. A estabilidade de preços é fundamental, defendeu. "Reconhecemos os problemas causados pela inflação elevada e continuamos fortemente empenhados em reduzir a inflação para o nosso objetivo de 2% ao ano", disse Powell. Ele lembrou que a estabilidade de preços é responsabilidade do Fed. "Sem estabilidade de preços, a economia não funciona para ninguém. Em particular, sem estabilidade de preços, não alcançaremos um período sustentado de fortes condições no mercado de trabalho que beneficiem a todos", disse, mencionando o aperto monetário conduzido desde o ano passado. O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Fed manteve pela segunda vez consecutiva os juros americanos na faixa de 5,25% a 5,50% ao ano. A decisão foi unânime e veio em linha com as expectativas de Wall Street, que esperavam taxas estacionadas diante do quadro econômico atual.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Ante incertezas atuais, Fed vai atuar 'com cautela', afirma Jerome Powell"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!