Aneel cobra esclarecimentos da distribuidora da Equatorial Piauí após apagão - TNOnline
Mais lidas

    Economia

    Economia

    Aneel cobra esclarecimentos da distribuidora da Equatorial Piauí após apagão

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 05.01.2021, 13:57:00 Editado em 05.01.2021, 14:02:11
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) cobrou explicações da Equatorial Piauí, distribuidora que atende o Estado, sobre o apagão que atingiu a região na virada do ano, entre 31 de dezembro e 3 de janeiro. As informações serão usadas na fiscalização para apurar a conduta da empresa na ocorrência.

    Entre os pontos que terão de ser esclarecidos estão a quantidade de consumidores afetados, equipamentos impactados na rede de distribuição, quantidade de equipes emergenciais disponibilizadas para atendimento às ocorrências, entre outros pontos. A empresa terá até a próxima segunda-feira, 11, para responder a notificação.

    "Com a fiscalização, a Agência busca verificar: as principais causas das interrupções; a eficiência na alocação de equipes e materiais pela Distribuidora; a efetividade das ações para restabelecimento do sistema; e a prestação de informação aos consumidores", disse à agência em nota.

    De acordo com as informações disponibilizadas até o momento, a empresa afirmou que concluiu o restabelecimento do serviço em 100% das ocorrências coletivas registradas em Teresina.

    Segundo a concessionária, as fortes chuvas na região causaram danos severos na rede elétrica devido a queda de, pelo menos, 280 árvores.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Aneel cobra esclarecimentos da distribuidora da Equatorial Piauí após apagão"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.