Economia

Anatel marca reunião extraordinária na segunda, 31, com caso da Oi na pauta

Da Redação ·

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) marcou para a segunda-feira, 31, uma reunião extraordinária tendo em pauta o processo de anuência prévia ao pedido da Claro, Telefônica (dona da Vivo) e TIM para a operação de venda de ativos móveis da operadora Oi, segregados em Unidade Produtiva Isolada (UPI). Nesta sexta-feira, 28, o conselheiro Emmanoel Campelo votou para dar aval ao procedimento, acompanhado, por sua vez, de condicionantes e compromissos a serem assumidos.

continua após publicidade

O julgamento do caso, no entanto, foi suspenso após um pedido de vista (mais tempo de análise) do conselheiro Vicente Bandeira de Aquino Neto.

A expectativa era de que o caso fosse retomado no dia 10 de fevereiro, quando ocorre a primeira sessão ordinária da Anatel em 2022. Mas agora foi antecipado com a convocação dessa nova reunião extraordinária.