Economia

Alta de juros na reunião de março do Fed deve ser apropriada, dirá Powell

Da Redação ·

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmará ao Congresso dos Estados Unidos nesta quarta-feira, 2, que um aumento do juro na reunião deste mês do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) deve ser apropriado, segundo discurso divulgado com antecedência pelo BC americano no período da manhã.

continua após publicidade

No discurso, que será dado no início da tarde ao Comitê para Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes, Powell ainda dirá que a redução do balanço de ativos do Fed vai começar logo após o início do ciclo de alta de juros, como já foi explicado pelo Fed em comunicados recentes.

Powell reforçará que o processo será feito de forma "previsível, primeiramente por meio de ajustes em ajustes de reinvestimentos".

continua após publicidade

"Fazer política monetária adequada neste ambiente incerto requer o reconhecimento de que a economia evolui de forma inesperada. Precisaremos ser ágeis na resposta aos dados recebidos e às perspectivas em evolução", afirmará Powell, de acordo com o documento.

Quanto à perspectiva econômica, Powell notará que a variante Ômicron do coronavírus provocou desaceleração no começo de 2022, mas o recuo nos casos da variante indica que o impacto na economia foi breve.

Inflação

continua após publicidade

O presidente do Federal Reserve afirmará ainda nesta quarta-feira que continua esperando queda da inflação ao longo deste ano. Segundo ele, "todos os instrumentos apropriados serão usados para evitar que inflação se incorpore".

Segundo ele, o Fed está atento às pressões de alta nas expectativas de inflação.

Powell ainda destacará que o mercado de trabalho está extremamente apertado e os gargalos de oferta têm sido maiores e mais duradouros do que o esperado. "O Comitê continuará monitorando os dados econômicos recebidos e ajustará a orientação da política monetária conforme apropriado para gerenciar riscos que possam impedir o alcance de suas metas. As avaliações do Comitê levarão em conta uma ampla gama de informações, incluindo condições do mercado de trabalho, pressões inflacionárias e expectativas de inflação e desenvolvimentos financeiros e internacionais", ressaltará.