Economia

Alívio externo e balanços no Brasil estimulam alta do Ibovespa

Da Redação ·

Resultados corporativos fortes do quarto trimestre de empresas brasileiras e sinais de arrefecimento na tensão geopolítica, diante da informação de retirada de algumas tropas russas de perto da fronteira com a Ucrânia estimulam alta do Ibovespa. As bolsas europeias e a indicação de abertura para cima também nos Estados Unidos refletem a disposição de diálogo entre as partes envolvidas neste conflito.

continua após publicidade

"Hoje, os mercados são impulsionados no sentido contrário. Tem um fluxo de correção de um boato que se observou ontem e hoje vem mais forte", avalia Enrico Cozzolino, head de análise e sócio da Levante Investimentos, ponderando, contudo, que o quadro ainda merece ser avaliado com cautela.

Na segunda-feira, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse ter sido avisado de que a Rússia iria invadir o país na quarta-feira. Depois, um alto funcionário de seu governo afirmou se tratar de uma ironia. Na Rússia, por sua vez, o chanceler Serguei Lavrov admitiu que há possibilidade de uma solução diplomática.

continua após publicidade

Ao mesmo tempo, o reforço do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, de que a autarquia continuará atuante para convergir a inflação à meta em 2023, sugerindo que a Selic seguirá elevada por mais tempo também é bem avaliada pelo mercado. Isso porque indica de credibilidade, comprometimento do BC com a convergência inflacionária à meta. Com isso, o País tende a prosseguir atraindo recursos, especialmente para a Bolsa e o câmbio. No acumulado do mês até sexta-feira, os investidores estrangeiros entraram com R$ 13,072 bilhões na B3.

"Tem justamente o ponto que é muito importante, que é a credibilidade e que fica atrelada ao fluxo do exterior. Além disso, a Bolsa está descontada. Ativo depreciado somado a aumento iminente de juros nos EUA tende a resultar em migração desse capital de maior risco. Pode ser bom para a Bolsa", completa Cozzolino.

O PPI, índice de inflação ao produtor dos Estados Unidos, subiu 1% em janeiro, ante dezembro, na comparação com previsão de 0,5%. Já o índice de atividade industrial Empire State avançou a 3,1 em fevereiro, contra projeção de analistas de 10.

continua após publicidade

No entanto, o declínio das commodities limita alta do Ibovespa, provocando queda nas ações da Petrobras e da Vale. Nem a informação de que a maioria da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) se posicionou de forma favorável em processo trabalhista que poderia custar à estatal R$ 47 bilhões. "Poderia fazer preço alta nas ações. Claro que é um passo à frente em termos de contabilidade da empresa, pois trata-se de uma dívida bilionária. Porém, foi uma suspensão, não é definitivo. O Judiciário pode fazer mudanças, dado que é maleável", avalia Victor Hugo Israel, Especialista em Renda Variável da Blue3.

O petróleo cai na faixa de 3%, em correção às recentes altas, e o minério de ferro teve recuo de quase 10% (-9,98%) no mercado futuro chinês (Dalian) e de 8,99% no à vista (porto chinês de Qingdao, a US$ 134,88 a tonelada. O declínio vem na esteira de medidas da China contra especuladores desse mercado.

"O governo chinês está tentando fazer com que o setor imobiliário não desmorone ainda na esteira da crise da Evergrande. É bem importante, representa em torno de 20% do PIB. Mas o minério também passa por uma correção, e o mercado tem de encontrar um motivo para realizar, e esse motivo é bem factível", afirma Israel, da Blue3.

continua após publicidade

Na seara corporativa, além de avaliar o crescimento no lucro do Banco do Brasil (BB) no quarto trimestre, o investidor também se debruçará sobre as provisões da instituição, o que pode estimular alta das ações do BB e do setor.

As ações subiam quase 5% perto de 11h20. O Ibovespa tinha alta de 0,29%, a R$ 114.226,49 pontos, ante máxima aos 114.527,75 pontos (alta de 0,55%).

"Resultados corporativos animam. BB teve lucro recorde e puxa setor como um todo", descreve o Especialista em Renda Variável da Blue3. "Alta de juros nos EUA em tese seria ruim para emergentes, para mas o cenário positivo para commodities faz com que exportadores tenham fluxo positivos, beneficiando assim o câmbio, e o Ibovespa", diz Israel.

O lucro líquido ajustado do Banco do Brasil no quarto trimestre de 2021 foi de R$ 5,93 bilhões, alta de 60,5% ante igual período de 2020. No ano de 2021, a cifra foi de R$ 21 bilhões, aumento 51,4% na comparação com 2020 e recorde histórico para a instituição. A previsão do BB é lucrar novo recorde - algo entre R$ 23 bilhões e R$ 26 bilhões em 2022 - e aumento gradual da inadimplência.

Já a Itaúsa apresentou lucro líquido de R$ 4,117 bilhões no quarto trimestre, elevação de 12, 4% em relação ao mesmo período de 2020. As ações da Itaúsa subiam 0,76%.