MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Alckmin: Vamos trabalhar para regulamentação do ato cooperativo na tributária

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, afirmou que irá trabalhar para o ato cooperativo ser preservado na regulamentação da reforma tributária. "Foi uma vitória a inclusão do ato no projeto e agor

Isadora Duarte (via Agência Estado)

·
Escrito por Isadora Duarte (via Agência Estado)
Publicado em 14.05.2024, 22:09:00 Editado em 14.05.2024, 22:14:19
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, afirmou que irá trabalhar para o ato cooperativo ser preservado na regulamentação da reforma tributária. "Foi uma vitória a inclusão do ato no projeto e agora vamos trabalhar para termos o tratamento adequado do ato cooperativo na regulamentação", disse Alckmin durante o Congresso Brasileiro do Cooperativismo.

continua após publicidade

A legislação do ato cooperativo na tributária é um pleito da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). O receio do setor é que sem a garantia da preservação do ato cooperativo haja bitributação, ou seja, a cobrança de impostos sobre os cooperados e cobre as cooperativas. Atualmente, o tratamento tributário às cooperativas prevê que a organização não pode ser tributada como empresa e que o imposto deve incidir sobre o cooperado, onde se dá a fixação da riqueza.

Alckmin afirmou ainda que é preciso discutir no futuro como fazer a desoneração gradual da folha de pagamentos. "Encerrada a regulamentação da tributária, temos que pensar como gradualmente desonerar a folha, Para este ano, há acordo feito com Supremo e não irá mudar nada", disse Alckmin.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Alckmin: Vamos trabalhar para regulamentação do ato cooperativo na tributária"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!