Economia

Ainda há risco relevante de alta da inflação em economias centrais, diz ata

Da Redação ·

O Comitê de Política Econômica (Copom) do Banco Central reforçou nesta terça-feira, por meio da ata de seu último encontro, que a evolução da variante delta de covid-19 adiciona risco à recuperação da economia global. Ao mesmo tempo, o colegiado destacou que ainda há risco relevante de aumento da inflação nas economias centrais, apesar dos movimentos recentes nas curvas de juros.

continua após publicidade

"Os estímulos fiscais e monetários no ambiente internacional estão promovendo crescimento robusto e que, daqui para frente, a dinâmica da inflação nas economias centrais e emergentes deve depender crescentemente dos canais de demanda. Nesse contexto, novas discussões sobre o risco de um aumento duradouro da inflação nos Estados Unidos e a consequente reprecificação nos mercados financeiros podem tornar o ambiente para as economias emergentes desafiador", destacou o documento.

Ainda assim, o colegiado considerou que o ambiente para países emergentes segue favorável com os estímulos monetários de longa duração, os programas fiscais e a reabertura das principais economias.