Economia

Acelen eleva preço do GLP em até 8,8% na Refinaria de Mataripe (ex-Rlam)

Da Redação ·

A Acelen, braço do fundo de investimento árabe Mubadala que controla a Refinaria de Mataripe, na Bahia, vendida pela Petrobras em dezembro do ano passado, aumentou o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) entre 8,6% e 8,8% nesta sexta-feira, dependendo do mercado.

continua após publicidade

Este é o quarto reajuste do combustível na refinaria este ano, que passa a custar na Bahia: R$ 4,628 a tonelada (t) em Itabuna; R$ 4,613/t em Jequié; e R$ 4,534/t e R$ 4,542/t em São Francisco do Conde, dependendo do tipo de contrato.

Os aumentos acompanham a alta volatilidade de preços do petróleo no mercado internacional. Nesta sexta-feira, os contratos para junho do petróleo tipo Brent, usado como referência no Brasil, avançavam 0,81%, a US$ 105,56 o barril.

continua após publicidade

O último aumento da Petrobras para o GLP foi concedido no dia 11 de março, da ordem de 16%, custando atualmente entre R$ 4,31/t, no Rio de Janeiro, a R$ 4,576/t no Rio Grande do Sul.