MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Abinee: Cai o número de fábricas com dificuldade de aquisição de semicondutores

A crise de abastecimento continua dando sinais de distensão na indústria de aparelhos eletroeletrônicos, onde a dificuldade das fábricas para encontrar semicondutores no mercado internacional persiste, porém em número menor de empresas.Segundo a última so

Eduardo Laguna (via Agência Estado)

·
Escrito por Eduardo Laguna (via Agência Estado)
Publicado em 22.10.2022, 07:02:00 Editado em 22.10.2022, 07:08:15
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A crise de abastecimento continua dando sinais de distensão na indústria de aparelhos eletroeletrônicos, onde a dificuldade das fábricas para encontrar semicondutores no mercado internacional persiste, porém em número menor de empresas.

continua após publicidade

Segundo a última sondagem da Abinee, associação que representa o setor, 59% das associadas que dependem do insumo tiveram dificuldades na compra do componente no mês passado. Ainda que seja alto, o porcentual ficou bem abaixo do apurado na pesquisa de agosto (70%) e é o menor desde julho de 2021.

A disponibilidade de insumos vem melhorando com a normalização do transporte marítimo após a reabertura dos portos de Xangai - cujo fechamento por dois meses, em razão da política chinesa de covid zero, gerou caos logístico - e a desaceleração da economia global.

continua após publicidade

A Abinee ressalta, contudo, que, apesar da melhora, a situação ainda não voltou ao normal e continua afetando a produção da indústria de aparelhos eletrônicos, como celulares, notebooks e tevês. No mês passado, mais da metade das fábricas (51%) teve atrasos ou, em menor número (7%), até mesmo paradas de parte da produção por falta de componentes eletrônicos no mercado.

Ainda assim, uma em cada quatro fábricas de aparelhos eletrônicos tinha no mês passado estoques de componentes e matérias-primas acima do normal. O número é explicado pelo aumento de produção nesta época do ano para abastecimento do varejo antes das vendas de Black Friday e Natal, dois dos principais eventos comerciais do ano.

A sondagem da Abinee revela também um relaxamento nos custos das empresas. O total de associadas que relataram pressões de custos em energia, água e impostos, entre outros, caiu para 23%, o menor porcentual em dois anos. Já os relatos de pressões acima do normal nos custos de componentes foram feitos por 50% das empresas consultadas, bem abaixo das mais de 90% de meados de 2021.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Abinee: Cai o número de fábricas com dificuldade de aquisição de semicondutores"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!