Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Economia

Tarifa de importação de aço de Trump é 'loucura', diz Armínio Fraga

.

FLAVIA LIMA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O economista Armínio Fraga qualificou as mudanças nas tarifas de importação de aço feitas pelo governo de Donald Trump como uma história conhecida que nunca trouxe prosperidade para ninguém. "Isso é uma loucura", disse.

Antes de participar de um dos painéis do Fórum Econômico Mundial para América Latina, em São Paulo, Armínio também negou envolvimento com alguma candidatura à presidência em especial, mas admitiu ter conversado muito com o apresentador Luciano Huck e disse que ele poderia ter sido um bom candidato. 

"Eu também acho que o governador [Geraldo] Alckmin é um ótimo candidato", afirmou. Segundo ele, é difícil avaliar o cenário eleitoral com Huck, porque muita gente no centro poderia introduzir um risco de uma polarização. 

"Mas eu acho que o centro vai se organizar", disse. 

Armínio disse ainda que seria muito "enriquecedor" ver Luciano Huck participando do debate. "E aí, depois, ganhasse quem ganhasse, haveria convergência no centro. Teoricamente", disse. 

PROTECIONISMO

O economista disse ainda que a atitude protecionista do governo Trump cria a impressão de que o mundo é um jogo de soma zero e não é, afirmou.

Segundo ele, o Brasil tem sido protecionista desde sempre e "não deu em nada". 

Em sua avaliação, o cenário não é bom, em especial no momento em que o Mercosul está no meio de uma discussão comercial com a comunidade europeia -o que vê como uma oportunidade "fantástica". 

Ele disse esperar que o Brasil não saia de uma rota de conclusão desse acordo, pois a sensação é que a discussão está evoluindo. 

ECONOMIA BRASILEIRA

Em relação à economia brasileira, Armínio disse que o problema maior está no campo fiscal, com todos os governos, não só o federal, bastante fragilizados. 

Para além da questão fiscal, o economista avalia que o Brasil estaria numa fase de penúria de crescimento da produtividade e do investimento. 

Na avaliação dele, o quadro pode ser destravado por um novo governo com mandato para "arrumar as coisas". 

Disse ainda que o país precisa muito mais do que uma reforma previdenciária. "É [reforma da] Previdência, tributária e ainda tem aspectos trabalhistas, financeiros, regulatórios, mais educação, saúde, segurança. É tudo", disse. 

Armínio afirmou que prepara junto com a economista e ex-secretária da Fazenda de Goiás, Ana Carla Abrão, uma agenda com propostas para o país, aberta ao candidato que quiser abraçá-la. "Não é partidária e nem fechada". 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber