Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Apple compra aplicativo de revistas digitais

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Apple anunciou que irá comprar o aplicativo Texture, que oferece acesso a mais de 200 revistas, entre elas Forbes, Esquire, GQ, Wired e People.

"Estamos comprometidos com o jornalismo de qualidade a partir de fontes confiáveis e em permitir a produção de histórias atrativas", afirmou Eddy Cue, um dos vice-presidente da Apple.

A Apple não revelou o valor do negócio, anunciado nesta segunda-feira (12). No pregão do dia, as ações da companhia subiram 0,97%, para US$ 181,72.

O Texture, cuja assinatura mensal é de US$ 10, pertence à Next Issue Media, uma joint-venture entre as editoras Condé Nast, Heast, Meredith, News Corp e Rogers Media e o fundo de investimentos americano KKR.

Desde que se transformou na empresa mais valiosa do mundo graças ao lançamento do iPhone, uma década atrás, a Apple enfrenta desafios para seguir crescendo.

Seu smartphone continua garantindo a entrada de receita, mas produtos digitais da empresa —App Store, iCloud, Apple Music, iTunes— vêm ganhando espaço, assim como outros aparelhos.

O iPhone responde por cerca de dois terços do faturamento total da companhia, que nos 12 meses até setembro de 2017 foi de US$ 229,2 bilhões —o ano fiscal da empresa termina em setembro.

Nos últimos três meses do ano passado, quando o faturamento da Apple bateu recorde trimestral ao atingir US$ 88,3 bilhões, porém, as vendas de iPhone caíram 1% na comparação com o mesmo período de 2016, a 77,3 milhões de celulares.

A queda foi compensada pelo preço mais alto do iPhone X, a partir de US$ 1.000 nos EUA, o que levou a receita com smartphones no período a US$ 61,58 bilhões, valor também recorde.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber