Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Industrialização e exportações alavancam PIB de Goiás, diz Perillo

.

LEONARDO MARAN

GOIÂNIA, GO (FOLHAPRESS) - O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), abriu nesta segunda-feira (12) o seminário Inovação no Brasil: Centro-Oeste destacando os resultados do estado durante o seu governo. Perillo teve quatro mandatos como governador, entre 1999 e 2006 e de 2011 a 2018.

No evento, organizado pela Folha de S.Paulo e com patrocínio do governo de Goiás, Perillo comentou o avanço do PIB do estado durante o período, que, segundo ele, foi multiplicado por dez ao longo das últimas duas décadas. Para o governador, os principais motivos para o crescimento, acima da média nacional, foram a geração de empregos, o avanço nas exportações e a industrialização da produção.

"Avançamos também na agricultura e na pecuária, mas o maior desenvolvimento foi na industrialização de produtos. Hoje 26% do PIB de Goiás vêm da indústria, enquanto a média em outros estados do Brasil é de cerca de 10%", afirmou.

O governador disse que a atração de investidores nacionais e internacionais para a região e o aumento da exportação exerceram forte influência no desenvolvimento do estado.

"Em 2004, fizemos uma missão oficial para a Ásia, e convidei algumas dezenas de empresários para irem comigo. Um deles, do ramo de processamento de aves, havia me dito que nunca exportara nem um pé de frango", contou Perillo. "Hoje essa empresa, a SuperFrango, exporta para mais de 60 países. Então, o que faltava era criar uma relação com importadores."

Em sua fala, o governador também afirmou que houve melhora na educação, na saúde e na segurança pública. Segundo ele, diminuíram os índices de violência de Goiás no início deste ano -em janeiro, no entanto, ocorreram três rebeliões em presídios do estado durante uma mesma semana, que deixaram nove presos mortos e 14 feridos.

Ainda de acordo com o político, Goiás avançou na construção de parques tecnológicos e investe no desenvolvimento de novas startups. O governador citou como exemplo um novo investimento em pesquisa e inovação, que deverá ser firmado nesta segunda-feira (12), no valor de R$ 22 milhões.

"Temos procurado dar as respostas necessárias para que o governo de Goiás não atrapalhe a economia nem o desenvolvimento do país", concluiu.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber