Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Economia

No prazo final, UE e Mercosul têm impasse

.

DIOGO BERCITO

MADRI, ESPANHA (FOLHAPRESS) - A rodada atual de negociações de livre-comércio entre Mercosul e União Europeia se aproxima de seu prazo final nesta sexta-feira (2), em Assunção, no Paraguai, e ainda não pôde superar as fortes resistências encontradas na Europa.

Mas legisladores europeus creem que, mesmo com os obstáculos, este é o mais próximo que os blocos econômicos estiveram de um tratado.

"Sabemos que há sensibilidades e dificuldades em ambas as partes, mas estamos mais perto do que nunca de poder fechar este acordo", disse o eurodeputado espanhol José Ignacio Salafranca.

Ligado ao conservador Partido Popular, Salafranca representa o Parlamento Europeu nas negociações -legisladores têm de dar o aval a qualquer acordo negociado pela Comissão Europeia, o braço Executivo do bloco.

O deputado se reuniu com jornalistas no dia 23 de fevereiro no Parlamento Europeu em Madri antes de participar de um seminário sobre os acordos comerciais da União Europeia com o México e o Mercosul. Sobre o primeiro, disse ser iminente. No caso do segundo, disse estar em busca de fórmulas para fechá-lo o mais breve possível.

"O acordo com o Mercosul lançaria uma mensagem importante em favor do multilateralismo. É a grande pendência da agenda da União Europeia para a América Latina", afirmou.

União Europeia e Mercosul já negociam um acordo de livre-comércio há quase 20 anos, mas enfrentam persistentes barreiras, em especial vindas da França. Agricultores franceses protestaram nesta semana contra a perspectiva de ter de competir com a carne brasileira.

"Precisamos de sócios estáveis e previsíveis nestes tempos", disse Salafranca. O bloco exportou em 2016 ao Mercosul bens equivalentes a € 43,2 bilhões e importou € 41,6 bilhões dali.

Há alguma pressa entre os negociadores em Assunção porque já são previstas mudanças políticas em ambas as regiões, incluindo as eleições brasileiras de outubro e a troca de chefia na Comissão Europeia. As eleições para o Parlamento Europeu serão em 2019.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber