Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Justiça manda prefeitura de SP abrir envelopes da PPP de iluminação

.

TAÍS HIRATA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou que a abertura de envelopes da PPP (Parceria Público-Privada) de iluminação pública em São Paulo ocorra nesta segunda-feira (29).

Os dois concorrentes do certame são os consórcios FM Rodrigues/CDL e Walks —esta última é favorita a levar o contrato, de R$ 7,2 bilhões e duração de 20 anos.

A PPP, inicialmente anunciada em 2015 pelo então prefeito Fernando Haddad (PT-SP), é alvo de um imbróglio judicial desde 2016. Neste ano, a FM Rodrigues questionou as garantias da concorrente Walks.

A estimativa é que a parceria reduza os gastos com iluminação da prefeitura de atuais R$ 17 milhões por mês para R$ 8,5 milhões, com a possibilidade de as empresas vencedoras proverem wi-fi e instalarem sensores inteligentes nos postes.

O consórcio Walks afirmou que não se manifestará no processo, "cabendo ao outro concorrente, se entender necessário, recorrer", diz a nota.

"O Consórcio Walks espera que a decisão judicial seja cumprida, decretando o fim de um processo licitatório arrastado e que vem causando prejuízos incalculáveis ao erário público e à população da cidade de São Paulo", completa.

Procurada, a FM Rodrigues não se manifestou imediatamente.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber