Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Economia

Atividade econômica cresce 0,49% em novembro

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O nível de atividade econômica no país continuou a registrar crescimento no mês de novembro, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (15) pelo Banco Central. Os números mostram que o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou alta de 0,49%.

Esse foi o terceiro mês seguido de alta do indicador. Em outubro, a alta foi de 0,29% e, em setembro, de 0,27%. As informações são da Agência Brasil.

Na comparação com novembro de 2016, houve crescimento de 2,82% nos dados sem ajustes, pois a comparação é feita entre períodos iguais. Em 12 meses, encerrados em novembro, o indicador teve expansão de 0,68% sem o ajuste sazonal. No ano, até novembro, houve crescimento de 0,97% também sem ajustes.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o Banco Central a tomar decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. O índice inclui informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

O indicador foi criado pelo BC para tentar antecipar, por aproximação, a evolução da atividade econômica. Mas o indicador oficial é o PIB (Produto Interno Bruto), calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber