Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Economia

Puxada por exportações, produção de veículos cresce 25,2% em 2017

.

EDUARDO SODRÉ

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Puxada pela alta nas exportações, a produção de veículos no Brasil cresceu 25,2% em 2017 na comparação com o ano anterior. Ao todo, foram produzidos 2,7 milhões de carros de passeio, comerciais leves, ônibus e caminhões.

Os números foram divulgados nesta sexta-feira (5) pela Anfavea, associação que representa as fabricantes de automóveis instaladas no país.

As exportações subiram 46,5% no ano passado, com 762 mil unidades enviadas ao exterior. As vendas internas cresceram 9,2% em 2017, com 2,24 milhões de unidades emplacadas.

VENDAS

Apesar das eleições e da Copa da Rússia, a venda de carros de passeio e veículos comerciais leves deve crescer 11,9% em 2018. Essa é a previsão da Fenabrave, entidade que reúne as distribuidoras de veículos.

No segmento de veículos pesados, a associação prevê alta de 8,6% neste ano sobre 2017.

A Fenabrave calcula que o período eleitoral não deverá afetar o ritmo de vendas, e as perdas de dias úteis ou o interesse por outros bens de consumo (televisores, em especial) durante o período da Copa serão compensados pelo crescimento de mercado ao longo do ano.

"Dentro das previsões de mercado Internacional, não vemos nada que possa atrapalhar a indústria em 2018, e o índice de confiança do consumidor brasileiro vem subindo", diz a economista Tereza Fernandez, da consultoria MB Associados, que projeta uma alta de 3,1% no PIB neste ano.

Ao todo, a Fenabrave espera que 2,5 milhões de unidades de veículos leves e pesados sejam emplacadas em 2018.

ALTA EM 2017

A venda de automóveis cresceu 9,2% em 2017 na comparação com 2016. Foram comercializadas 2,24 milhões de unidades no ano passado. Os dados foram divulgados nesta quinta (4) pela Fenabrave.

O número inclui carros de passeio, comerciais leves, ônibus e caminhões. A retomada ocorre após quatro anos de queda nos emplacamentos, mas mostra o quanto o mercado encolheu. O volume do ano passado é pouco inferior aos licenciamentos de 2007.

O acesso ao crédito continua a ser um problema, mas a Fenabrave vê evolução nas concessões de financiamentos.

"A qualidade da carteira de crédito está melhorando. A cada 10 fichas submetidas aos bancos, cerca de 4 estão sendo aprovadas", diz Alarico Assumpção, presidente da Fenabrave.

No segmento de caminhões, a safra agrícola impulsionou a renovação da frota. "Veículos extrapesados vendidos em 2011 [ano com recorde de vendas no segmento] chegaram a cerca de 1 milhão de quilômetros rodados em 2017, o que estimulou a troca", diz Sérgio Zonta, vice-presidente da Fenabrave.

Entre os carros de passeio, o Chevrolet Onix manteve a liderança de mercado, com 188,6 mil unidades emplacadas. O segundo colocado foi o Hyundai HB20 (105,5 mil), seguido por Ford Ka (94,9 mil) e Volkswagen Gol (73,9 mil).

De acordo com o presidente da Fenabrave, a venda de carros de passeio, comerciais leves ônibus e caminhões só deve retornar ao número alcançando em 2012 -3,8 milhões de emplacamentos- entre 2024 e 2025.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber