Mais lidas
Economia

Cabify segue rivais Uber e 99 e passa a adotar preço dinâmico

.

FILIPE OLIVEIRA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Cabify, espanhola do mercado de corridas por aplicativos, começa a implantar nesta quinta-feira (23) sistema de preços variáveis, que aumentam quando há mais demanda de viagens do que motoristas disponíveis.

A ferramenta começa a funcionar a partir de Santos (SP) e será expandida até o início do mês que vem para as demais cidades em que a empresa atua: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Porto Alegre.

Com isso, todos os principais aplicativos de motoristas particulares no país passam a adotar a ferramenta criada pela Uber -a brasileira 99 introduziu preços dinâmicos em seu aplicativo na categoria 99 Pop em outubro.

As rivais da Uber, que antes diziam que um diferencial seu em relação à americana era justamente não adotar precificação variável, usam justificativas semelhantes à da competidora para explicar a mudança.

Luis Saicali, diretor de operações da Cabify, diz que a introdução do preço variável garante um melhor equilíbrio entre oferta e demanda do serviço, com vantagens para motoristas e passageiros.

Enquanto os primeiros têm um incentivo para seguir trabalhando quando mais pessoas procuram o serviço, por estarem ganhando mais por corrida feita, os passageiros que precisam de transporte imediato conseguem ser atendidos rapidamente.

A 99, no comunicado a usuários sobre a mudança, também disse que ela ajudaria a obter um carro rapidamente.

A principal diferença nas tarifas praticadas pela Cabify na comparação com às outras empresas é o maior peso dado à distância da corrida em relação ao tempo de viagem. Essa característica, que, segundo Saicali, dá maior transparência e previsibilidade aos preços, será mantida.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber