Mais lidas
Economia

Expoagri promove integração entre estudantes e comunidade

.

Vários trabalhos estão sendo apresentados na Expoagri
Vários trabalhos estão sendo apresentados na Expoagri

De hoje (26/10) a sábado (28/10), a comunidade têm a oportunidade de conhecer de perto as atividades desenvolvidas pelo Colégio Agrícola Estadual Manoel Ribas. As portas da instituição estão abertas para quem quer conferir a Expoagri, que expõe trabalhos dos 310 alunos dos cursos técnico em agropecuária e em meio ambiente.

A exposição foi aberta na manhã desta quinta-feira e contou com a presença do vice-prefeito Sebastião Ferreira Martins Junior (Junior da Femac), que no ato representou o prefeito de Apucarana, Beto Preto. Também estiveram presentes o vereador Mauro Bertoli, presidente do Legislativo, Maria Onide Balan Sardinha, chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE), e Rosiney Pimenta, a diretora geral do Colégio Agrícola.

Junior da Femac destacou o potencial do agronegócio paranaense e a importância de escolas de formação de profissionais no setor agrícola. “Apesar de ter apenas 2,5% da área do Brasil, o Paraná responde por um quarto da produção de grãos. Esse excelente resultado vem do investimento em tecnologia, de órgãos de apoio como a Emater e Seab, da capacidade dos produtores rurais e também pela existência de escolas como o Colégio Agrícola que anualmente formam centenas de profissionais”, frisa Junior da Femac.

A chefe do Núcleo Regional de Educação ressaltou o investimento do Governo do Estado, que mantém 19 colégios agrícolas no Paraná. “Quando se está discutindo muito sobre sustentabilidade, é o momento de valorizar cada vez mais o Colégio Agrícola, que diariamente aborda em aulas teóricas e práticas questões relativas ao solo, água e alimentação”, argumenta Maria Onide.

O Colégio Agrícola tem 59 anos de existência e, após a sua fundação, foram realizadas exposições periodicamente. Entretanto, com o nome de Expoagri o evento é realizado anualmente desde 1983. “São apresentados trabalhos práticos vivenciados pelos alunos nas diversas disciplinas, sendo uma oportunidade de interação com a comunidade”, explica a nova diretora da instituição, Rosiney Pimenta.

A exposição acontece nas dependências do colégio, onde no dia a dia os estudantes têm à disposição uma estrutura de fazenda-escola, com 92 hectares de lavoura e 8 mil metros quadrados de área construída. Os projetos elaborados são nas áreas pecuária e agrícola, como por exemplo: suinocultura, bovinocultura, cunicultura, avicultura, horticultura, fruticultura, culturas de soja, trigo, milho, feijão, entre outros. A exposição funciona das 8 às 18 horas nesta quinta e sexta-feira, e das 8 às 16 horas no sábado.

CASA RURAL
O Colégio Agrícola Estadual Manoel Ribas ganhou um museu que retrata a realidade da vida rural e a história da instituição, através de diversos objetos e fotografias. O espaço, inaugurado nesta quinta-feira,  foi denominado de Casa Rural Clóvis Koval. “É uma homenagem a um grande ser humano que muito contribuiu com esta instituição, onde trabalhou por mais de 20 anos. Além de servidor público, era apicultor e estava sempre presente nas feiras de Apucarana e região. Infelizmente, o Clóvis nos deixou no final de 2013, com apenas 47 anos”, afirma Anderson Bellini, diretor pedagógico do Colégio Agrícola.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber