Mais lidas
Economia

Emprego mostra que Brasil saiu 'definitivamente' da recessão, diz Meirelles

.

ISABEL FLECK, ENVIADA ESPECIAL

NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) - Os bons resultados do emprego mostram que o Brasil saiu "definitivamente" da recessão, segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Nesta sexta (22), em Nova York, ele disse a jornalistas que "o fato de o emprego estar mostrando recuperação consistente mostra que está o crescimento e a economia brasileira estão consolidados."

"Saímos definitivamente da recessão, agora, de uma forma consistente e consolidada pelo emprego", afirmou o ministro.

O Ministério do Trabalho divulgou na quinta (21) que o Brasil criou 35,5 mil vagas de trabalho com carteira assinada em agosto. Foi o quinto mês seguido de resultado positivo no trabalho formal, de acordo com as estatísticas oficiais.

Segundo Meirelles, o emprego é o ultimo indicador a reagir no processo de recuperação porque as empresas normalmente preservam uma certa capacidade ociosa e "começam a usá-la antes de, de fato, começar a contratar".

"Portanto é normal que, na recuperação, o emprego reaja com uma certa defasagem e na retração também", afirmou.

O saldo de agosto é o maior para o mês desde 2014. Em 2015 e 2016, ocorreram mais demissões do que contratações neste período.

DESBLOQUEIO

Questionado sobre o anúncio da liberação de R$ 12,8 bilhões do Orçamento de 2017 pelo Ministério do Planejamento, Meirelles disse que a melhora na arrecadação permitiu o desbloqueio.

"Na medida em que a arrecadação começa a reagir, outras medidas também começam a surtir efeito. Quer dizer, medidas que foram tomadas visando maior arrecadação e cortes de despesas. E é possível descontingenciar", afirmou. "Os cortes específicos de despesas permitem que os cortes horizontais de contingenciamento sejam diminuídos, e isso é o que está acontecendo."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber