Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Economia

Com aumento de impostos, gasolina tem alta recorde no país, diz ANP

.

NICOLA PAMPLONA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Na primeira semana após o aumento de impostos sobre os combustíveis, o preço da gasolina subiu, em média, 8,22% no país. Foi o maior aumento desde que a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) começou a fazer o levantamento semanal de preços, em 2004.

Os preços do etanol hidratado e do óleo diesel também tiveram alta expressiva, de 8,86% e 5,05%, respectivamente. No caso do etanol, foi a segunda maior da série histórica. Para o diesel, foi a quarta maior.

Segundo a pesquisa divulgada pela ANP na última sexta (29), o preço médio da gasolina no país foi de R$ 3,749 por litro na semana passada, R$ 0,285 acima do praticado na semana anterior.

Em termos percentuais, o maior aumento verificado nas bombas pela agência havia sido de 7,85%, na semana encerrada em 17 de setembro de 2005, refletindo reajuste de 10% promovido pela Petrobras no preço do combustível na semana anterior.

Agora, a alta foi provocada pelo aumento nas alíquotas de PIS/Cofins anunciado pelo governo no dia 20 de julho, com a justificativa de que precisa de reforço de caixa para evitar o descumprimento da meta fiscal.

Para a gasolina, o valor dos impostos dobrou, passando a R$ 0,41 por litro. Para o diesel, subiu a R$ 0,21 por litro e para o etanol, a R$ 0,32 -na semana passada, porém, o número foi revisto para R$ 0,24, para adequar o aumento a limite legal estabelecido para a cobrança dos tributos sobre o combustível.

De acordo com a ANP, o preço do etanol hidratado subiu R$ 0,211 por litro nas bombas brasileiras na semana passada, para R$ 2,592. Em termos percentuais, o aumento só foi menor do que os 8,98% verificados na semana encerrada em 10 de outubro de 2015.

Já o diesel comum teve aumento de R$ 0,147 por litro, para R$ 3,056, na média nacional. Em termos percentuais, a maior alta foi registrada na semana de 17 de setembro de 2005, de 10,24%.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber