Mais lidas
Economia

Meirelles afirma que Receita refaz contas sobre tributo de etanol

.

MARIANA CARNEIRO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O governo está refazendo contas sobre o aumento dos tributos sobre o etanol.

Entre representantes de produtores de cana-de-açúcar, surgiu a suspeita de que a tributação de PIS/Cofins sobre o combustível pudesse estar acima do limite legal.

Nesta segunda (24), o ministro Henrique Meirelles (Fazenda) afirmou que a Receita Federal está recalculando o aumento de PIS/Cofins para ter certeza.

"A avaliação da Receita Federal é que [o tributo] está no limite da lei. Eu recomendei à Receita Federal que fizesse mais uma vez os cálculos para ter certeza de que está no limite da lei", disse Meirelles.

Se não estiver, o ministro afirmou que "a lei será obedecida", sugerindo que pode revisar o aumento do tributo sobre o etanol.

"O pressuposto é que está no limite da lei, mas evidente que o refinamento de contas é sempre positivo", afirmou.

Na quinta-feira (20), em busca de novas receitas, o governoanunciou aumento na tributação de gasolina, álcool e diesel.

No caso do álcool, foi anunciado um reajuste de R$ 0,12 para R$ 0,13 no PIS/Cofins cobrado sobre o litro de álcool do produtor e de zero para R$ 0,20 para o distribuidor.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber