Mais lidas
Economia

Morre terceira vítima de explosão em sonda a serviço da Petrobras

.

NICOLA PAMPLONA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Odebrecht Óleo e Gás (OOG) informou neste domingo o falecimento da terceira vítima de uma explosão na sonda NS 32, que estava a serviço da Petrobras, ocorrida na sexta (9).

O acidente fez quatro vítimas. Uma delas, Fernando Garcia Pinheiro, teve alta do hospital no sábado (10). Ele é soldador e empregado da OOG.

Também empregado da OOG, o segundo oficial de máquinas Eduardo Aragão de Lima, 33, faleceu n madrugada deste domingo (11).

Funcionários da prestadora de serviços IMI, Jorge Luiz Damião, 44, e Erickson Nascimento de Freitas, 29, morreram no sábado e na sexta, respectivamente.

As três vítimas fatais sofreram queimaduras no corpo.

A explosão ocorreu por volta das 8h de sexta em uma das caldeiras da embarcação, que é usada para perfurar poços de petróleo mas não estava em operação no momento.

A Petrobras instaurou uma comissão para investigar as causas. Segundo a empresa, não houve vazamento de petróleo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber