Mais lidas
Economia

Queda do desemprego nos EUA desacelera, mas chega ao menor nível em 16 anos

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A taxa de desemprego nos Estados Unidos chegou a 4,3% em maio, atingindo seu menor nível em 16 anos, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (2) pelo Departamento do Trabalho.

O número, no entanto, revela que o desemprego tem caído em ritmo mais lento.

Em maio, o mercado americano gerou 138 mil empregos, mas analistas esperavam que o número ficassem em cerca de 185 mil.

A média mensal de criação de empregos nos últimos 12 meses era de 181 mil.

Os dados divulgados nesta sexta são importantes, entre outros motivos, porque devem orientar a atuação do Federal Reserve (o banco central dos EUA) no que diz respeito à taxa de juros.

O Fed se reúne nos dias 13 e 14 deste mês, quando deve decidir pelo aumento ou não da taxa.

O resultado sugere que o mercado de trabalho americano está perdendo força, o que pode gerar dúvidas sobre a saúde da economia dos EUA.

Antes do relatório divulgado nesta sexta, o mercado esperava um aumento de 0,25 ponto percentual na taxa de juros.

Em março, o Fed elevou as taxas de juros em 0,25 ponto.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber