Mais lidas
Economia

Preço médio de imóveis financiados foi de R$ 160 mil no 1º trimestre, diz BC

.

MAELI PRADO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O preço médio dos imóveis vendidos no Brasil foi de R$ 160 mil no primeiro trimestre do ano, informou nesta quinta-feira (1º) o Banco Central. É a primeira vez que a autoridade monetária informa o dado, que é calculado com base nas avaliações feitas por instituições financeiras para imóveis financiados em todo o Brasil.

O novo indicador, que será disponibilizado mensalmente, foi batizado de MVG-R (Mediana dos Valores de Garantia de Imóveis Residenciais Financiados), e leva em conta cerca de 90 mil operações para ser construído.

De acordo com o chefe do Desig (Departamento de Monitoramento do Sistema Financeiro) do Banco Central, Gilneu Vivan, não é possível fazer o cálculo por região do Brasil ou por Estado, já que os dados mostrariam muita volatilidade.

"Esses dados são importantes para o BC para saber se existe uma bolha imobiliária, por exemplo. Se estamos em um processo de queda acentuada de preços de imóveis. A conclusão é que isso não está acontecendo no Brasil", disse. "Não estamos em processo generalizado de perda de preços de imóveis".

Vivan afirmou que, pelo indicador, a tendência de longo prazo é de leve queda no preço dos imóveis no país.

Até agora, o BC divulgava somente o IVG-R (Índice de Valores de Garantia de Imóveis Residenciais Financiados), que também tem como objetivo determinar a tendência de longo prazo de preços de imóveis no Brasil, mas que não é expresso em valores.

A autoridade monetária informou que promoveu uma série de melhorias no cálculo para aperfeiçoar o IVG-R.

Duas novas regiões metropolitanas, Vitória e Campo Grande, foram incluídas nos cálculos, e se retirou o impacto de imóveis de valor muito baixo, como os financiados pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber