Mais lidas
Economia

Crescimento do Brasil supera vizinhos, mas fica atrás de emergentes asiáticos

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O crescimento de 1% do PIB brasileiro no primeiro trimestre em relação aos últimos três meses de 2016 foi superior ao dos vizinhos latino-americanos, mas ainda está atrás do obtido pelos emergentes asiáticos.

Em um levantamento com 38 países, o avanço da economia brasileira de janeiro a março foi o 11º melhor.

O resultado foi superior ao obtido por México (0,7%) e Chile (alta de 0,2%). Já a economia colombiana encolheu 0,2%. É preciso lembrar, porém, que, enquanto o Brasil encolheu em 2015 e 2016, esses três países não têm um ano de retração desde ao menos 2009, quando a economia global sofria os efeitos da crise iniciada no ano anterior e os preços das matérias-primas (importante fonte de crescimento para essas nações) encolheram.

Na comparação com os países emergentes da Ásia, o PIB brasileiro teve um desempenho inferior. A economia da Malásia cresceu 1,8% (o melhor resultado entre os 38 países pesquisados), a de China e Tailândia, 1,3%, e a das Filipinas, 1,1%.

Emergentes europeus como Romênia (1,7%) e Eslovênia (1,5%) também tiveram resultados melhores.

Já os países desenvolvidos, que costumam ter um crescimento menor que o brasileiro, mas vinham superando o PIB do país nos últimos trimestres, voltaram a ficar atrás.

Coreia do Sul e Canadá cresceram 0,9%, a Espanha, 0,8%, e a Alemanha, 0,6%. Maior economia global, os EUA tiveram alta de 0,3%, e o PIB japonês (terceiro maior do mundo, atrás também do da China) avançou 0,5%.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber