Mais lidas
Economia

Reforma trabalhista será aprovada no Senado nesta semana, diz ministro

.

FLAVIA LIMA E RENATA AGOSTINI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A reforma trabalhista deve ser aprovada nesta semana no Senado, confirmando que o caminho do Brasil é o das reformas, afirmou o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, em fórum para investidores nesta terça (30) em São Paulo.

"Não há outra opção no Brasil, a não ser prosseguir e triunfar", disse.

A aprovação do projeto é prioritária para o governo Michel Temer, paralisado em meio à crise política deflagrada pelas denúncias feitas pelo empresário Joesley Batista.

O avanço da proposta no Senado é tido pelo peemedebista como forma de demonstração de força no Congresso.

Por isso, o Palácio do Planalto pretende atropelar os protestos da oposição contra o projeto na sessão da CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) nesta terça (30) e tentar levar o texto ao plenário ainda nesta semana.

Uma das estratégias para dar velocidade à votação seria um acordo de líderes para que seja votado um requerimento de urgência, o que poderia viabilizar a aprovação do projeto neste prazo.

Segundo o ministro, nos últimos 12 meses o país viveu um processo de transição importante, com investidores reafirmando a confiança no Brasil.

Poucos países, disse ele, oferecem oportunidades de investimento diversificadas como o Brasil.

"Não há momento mais adequado para estar no Brasil, que dá início a um longo ciclo de crescimento", afirmou.

O ministro disse ainda que o país está fazendo reformas e deixando a crise para trás e, nesse processo, o governo tem demonstrado "força e decisão."

O evento é promovido pela Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) com apoio do governo federal.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber