Mais lidas
Economia

Câmara aprova MP que permite saque de contas inativas do FGTS

.

ANGELA BOLDRINI, RANIER BRAGON, DANIEL CARVALHO E LUCAS VETTORAZZO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (23) o texto-base da Medida Provisória que permite o saque de contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Para evitar derrotas na primeira sessão de votação após a revelação da delação da JBS, o governo optou por colocar em votação um projeto de forte apelo popular.

"A Câmara é outro Poder, então a Câmara precisa legislar, precisa trabalhar", afirmou o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A matéria é um dos consensos entre a base de Michel Temer (PMDB) e a oposição. No entanto, os deputados da minoria obstruíram a sessão e a alongaram ao máximo, para que não fossem votados outros projetos de interesse do governo.

Eles discursaram contra o presidente e pediram a convocação de eleições diretas em protesto no plenário durante a tarde. Uma faixa com os dizeres "fora, Temer" foi aberta em frente à Mesa Diretora.

A Medida Provisória 763/16 ainda tem de passar pelo Senado até o dia 1º de junho. Caso contrário, ela perde eficácia, e quem deixou de sacar os recursos terá que esperar a edição de um novo texto.

Ainda devem ser votados destaques que podem alterar o texto principal.

Por enquanto, os nascidos entre janeiro e agosto têm acesso às contas inativas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber