Mais lidas
Economia

Trabalhadores da GM aceitam layoff em troca de estabilidade no emprego

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os trabalhadores da GM de São José dos Campos aceitaram a suspensão temporária do contrato de trabalho em troca da garantia de emprego após o período.

Até 1.500 trabalhadores poderão ser afastados e todos os empregados da unidade terão estabilidade até fevereiro de 2018, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos da região.

A suspensão do contrato de trabalho, chamada de layoff, irá de 5 de junho a 4 de novembro. Os funcionários afastados receberão salário integral -parte pago pela GM e outra pelo governo federal, com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Segundo o sindicato, os funcionários terão direito ao 13º salário, reajuste e PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber