Economia

EUA abrem 211 mil vagas em abril e taxa de desemprego cai para 4,4%

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A criação de empregos nos Estados Unidos voltou a crescer em abril e a taxa de desempregado caiu para 4,4%, próximo à mínima em dez anos, informou o Departamento de Trabalho do país nesta sexta (5).

O crescimento foi puxado pela alta de contratações no setor de lazer (55 mil contratações) e em serviços empresariais e profissionais (39 mil novas vagas).

Sem considerar o setor agrícola, a criação de postos de trabalho foi de 211 mil em abril, acima da média mensal de 185 mil empregos em 2017. Em março, foram abertas 79 mil novas vagas.

O resultado pode permitir um aumento das taxas de juros em junho, mesmo com os salários tendo crescimento moderado. A remuneração média por hora subiu 0,3% em abril, o equivalente a US$ 0,07.

Nesta quarta (3), o Fed (banco central dos EUA) manteve a taxa básica de juros e informou que aguarda um maior fortalecimento do mercado de trabalho.

Segundo a agência Reuters, a recuperação da contratação corrobora a afirmação do Fed de que o ritmo de crescimento econômico anualizado de 0,7% no primeiro trimestre foi provavelmente "transitório" e também seu otimismo de que a atividade econômica vai expandir a um ritmo "moderado".