Mais lidas
Economia

Humorista Marcelo Madureira é hostilizado em manifestação no Rio

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Aos gritos de "fascista", "canalha" e "golpista", o humorista Marcelo Madureira, 58, conhecido pelo trabalho no "Casseta & Planeta", foi expulso de manifestação no centro do Rio durante a greve geral da última sexta-feira (28).

Madureira, que também é comentarista da rádio Jovem Pan, estava acompanhado de um cinegrafista e de um produtor fazendo uma gravação quando foi abordado por manifestantes. Crítico de partidos e de grupos de esquerda, o humorista se retirou sem responder aos manifestantes.

No mesmo dia, ele divulgou em seu canal do YouTube, Portal do Madureira, a gravação que estava fazendo. Nela, ele entrevista em tom jocoso manifestantes que estavam no local. "Estou aqui no CarnaCUT. É um ambiente de pura animação. Não tem muitos foliões, mas já chegou o trio elétrico e a galera vai botar para quebrar no CarnaCUT", disse no vídeo -que já tem mais de 52 mil visualizações.

Em sua página do Facebook, ele compartilhou junto com o material um pequeno texto: "Eu, Marcelo Madureira, fui até a manifestação no centro do Rio, para conhecer os manifestantes. Mas parece que eles não gostaram muito da minha presença".

Já em outro vídeo que circula na rede (com 50 mil visualizações), é possível ver a reação dos manifestantes com a presença do humorista no local. Com cerca de quatro minutos de duração, a filmagem acompanha Madureira sendo hostilizado enquanto ele se retira do espaço. Há também um apelo de manifestantes para que não haja nenhum tipo de agressão física contra o humorista. Tudo sob o coro de "golpista".

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber