Mais lidas
Economia

CMN aumenta limite de empréstimos sem aval para Estados e municípios

.

MAELI PRADO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O CMN (Conselho Monetário Nacional) decidiu nesta sexta-feira (31) aumentar em R$ 4 bilhões o limite para empréstimos sem aval para Estados e municípios considerados bons pagadores pelo Tesouro Nacional.

Com a decisão, o conselho permitirá que, sem aval da União, as instituições financeiras emprestem esse montante para os Estados e municípios, o que não necessariamente acontecerá neste ano.

"Isso é estoque, é uma autorização para o sistema financeiro contratar essas operações de crédito", explicou Viviane Vargas, chefe da assessoria do Tesouro Nacional. "Não quer dizer que essas operações serão contratadas de uma vez só, isso depende da dinâmica do mercado de crédito".

Os recursos que poderão ser emprestados serão divididos entre R$ 2 bilhões para os Estados e R$ 2 bilhões para os municípios -neste último caso, as contratações serão limitadas a R$ 5 milhões por operação.

Como essas operações não dependem de aval da União, não haverá impacto fiscal.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber