Mais lidas
Economia

Crédito consignado para aposentado terá juros de até 2,14% ao mês

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo anunciou nesta quinta-feira (30) a redução do teto dos juros dos empréstimos consignados para servidores públicos da União, aposentados e pensionistas.

No caso de servidores, a taxa máxima mensal que poderá ser cobrada na linha de crédito recuou de 2,5% para 2,2% (ou de 34,5% para 29,8% ao ano). Para segurados do INSS, a taxa caiu de 2,34% para 2,14%.

Nas operações com cartão de crédito, o juro mensal recuou de 3,36% para 3,06%, indica portaria do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

A queda, afirma a portaria do ministério, acompanha a redução da taxa básica Selic nos últimos meses. "A medida permitirá a migração de dívidas mais caras, como as de cartão de crédito, por exemplo, para uma modalidade mais barata e até mesmo estimular novas concessões", indica o texto.

Segundo o Ministério, se as concessões de consignado permanecerem no mesmo patamar do ano passado, o pagamento de juros por servidores e segurados do INSS pode cair em até R$ 3,7 bilhões.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber