Economia

Motoristas e cobradores de ônibus entram em greve em Curitiba

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dia amanheceu sem um ônibus nas ruas de Curitiba, no Paraná. Motoristas e cobradores aproveitaram o dia de paralisação para iniciar greve por tempo indeterminado.

Além deles, professores municipais e estaduais também começaram greve em busca de reajuste salarial. Um ato em protesto contra a reforma da Previdência, organizado por centrais sindicais e movimentos sociais, começou as 9h na praça Santos Andrade, no centro.

Diversas entidades e sindicatos promoveram paralisações por todo o país como parte do Dia Nacional de Paralisações e Greves contra as reformas Previdenciária e trabalhista propostas pelo governo Temer.