Mais lidas
Economia

Morre o bilionário Edson Bueno, fundador da Amil

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu nesta terça-feira (14) o empresário Edson Godoy Bueno, o fundador da empresa de planos de saúde Amil.

Ele teve um infarto fulminante enquanto jogava tênis em Búzios (RJ).

Um dos homens mais ricos do país, Bueno vendeu para a gigante americana da área de saúde UnitedHealth Group 90% do capital da Amil Participações por US$ 4,9 bilhões em 2012.

Mesmo após a operação, Bueno não abandonou o setor. Dois anos depois, assumiu, junto de sua ex-mulher, Dulce Pugliese de Godoy Bueno, o controle da empresa de medicina diagnóstica Dasa, após desembolsar quase R$ 1,8 bilhão para comprar ações da rival do Fleury em leilão na Bovespa. A Dasa é dona de bandeiras como Delboni e Lavoisier. Quem está no comando da Dasa hoje é o filho de Edson Bueno, Pedro Bueno.

Bueno tinha 74 anos e era uma das pessoas mais ricas do Brasil, de acordo com o ranking da "Forbes Brasil". Na edição de 2016, ele aparece na 18ª posição na lista de bilionários brasileiros, com uma fortuna de R$ 8,27 bilhões.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber