Economia

ATUALIZADA - Aumento do IPCA em janeiro é o mais baixo desde 1994

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,38% em janeiro, após alta de 0,30% em dezembro, divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (8). É o índice mais baixo para janeiro desde 1994, ano em que foi criado o Plano Real. O reajuste das tarifas de ônibus responde sozinho por 0,07 dos 0,38 pontos percentuais.

No acumulado de 12 meses até janeiro, o IPCA teve alta de 5,35%, contra alta de 6,29% do mês anterior.

Pesquisa da Reuters apontou que a expectativa de analistas era de alta de 0,44% em janeiro, acumulando em 12 meses alta de 5,41%.

No setor de alimentação e bebidas, houve aceleração de 0,08% em dezembro para 0,35% em janeiro. A refeição fora de casa aumentou 0,68%, contra uma queda de -0,12% em dezembro.

A queda nas contas de energia elétrica (0,6%), que havia sido destaque na prévia do mês, não foi tão intensa quanto em dezembro (3,7%), mês em que terminou a cobrança do adicional da bandeira amarela.

TRANSPORTE

O IBGE apontou que as tarifas de ônibus urbanos subiram 2,84%, liderando o ranking de impactos individuais no bolso dos consumidores. Andar de ônibus ficou mais caro em oito das 13 regiões pesquisadas pelo instituto, sobretudo em Brasília (14,75%) e Vitória (15,19%).

Com o aumento de 3,10% no litro do etanol e 0,84% na gasolina, o transporte individual também ficou mais caro.

Ainda assim, a categoria de transporte como um todo teve desaceleração no crescimento, variando de 1,11% em dezembro para 0,77% em janeiro, devido à queda de -7,36% nas passagens aéreas.