Economia

Aliado de Cunha deve presidir comissão da reforma da Previdência

.

DANIEL CARVALHO E RANIER BRAGON

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Um dos principais defensores do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) foi indicado por seu partido para presidir a comissão que irá analisar a reforma da Previdência, prioridade do governo de Michel Temer para 2017.

Marun irá substituir Sergio Szveiter (PMDB-RJ), até então o nome escolhido para a função. Deputados afirmaram que Szveiter abriu mão da tarefa. A reportagem não conseguiu falar com ele até o início da tarde desta segunda (6).

A comissão da reforma da Previdência deve ser instalada ainda nesta semana. Os deputados indicados pelos partidos (na proporção do tamanho das siglas na Câmara) elegem o presidente. A tendência é a de que o nome indicado pelo PMDB, o maior partido da Casa, seja eleito.

Cabe ao presidente escolhido indicar o relator, que por acordo dos partidos da base de Temer será Arthur Oliveira Maia (PPS-BA).