Economia

Inflação para famílias de baixa renda é de 4,80% em 12 meses

.

Despesas com alimentação subiu de  0,26% para 0,34%. Foto: Ilustração
Despesas com alimentação subiu de 0,26% para 0,34%. Foto: Ilustração

A inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos, medida pelo IPC-C1 (Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1), ficou em 0,54% em janeiro deste ano. A taxa é maior que a de dezembro (0,19%) do ano passado, segundo dados da FGV (Fundação Getulio Vargas). Em 12 meses, o IPC-C1 acumula taxa de 4,80%. As informações são da Agência Brasil.

O indicador ficou abaixo das taxas apresentadas pelo IPC-BR (Índice de Preços ao Consumidor - Brasil), que mede a inflação para todas as faixas de renda e que apresentou variações de 0,69% em janeiro deste ano e de 5,04% em 12 meses.

A alta do IPC-C1 -entre dezembro e janeiro- foi puxada por 5 das 8 classes de despesa que compõem o índice: habitação (que passou de uma deflação de 0,69% em dezembro para uma inflação de 0,06%), transportes (subiu de 0,59% para 2,07%), educação, leitura e recreação (de 0,86% para 2,74%), alimentação (de 0,26% para 0,34%) e comunicação (de 0,07% para 0,42%).

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)