Economia

Já esperava o sucesso, diz Whindersson Nunes após passar Porta dos Fundos

.

AMON BORGES E BIBIANA GUARALDI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Se você nunca ouviu falar em Whindersson Nunes, 22, saiba que está por fora. Desde segunda (3), o canal que leva seu nome é o maior em número de seguidores do YouTube Brasil, com mais de 12,7 milhões de inscrições.

O jovem do Piauí superou o Porta dos Fundos, que conta com nomes como Fabio Porchat e Gregório Duvivier, com 12,6 milhões de inscrições.

Apesar de ter chegado ao topo, Whindersson diz que a vida ainda não mudou muito após o feito. ‘Pra mim não muda nada, é normal. É a mesma alegria quando cheguei a 10 milhões ou um milhão de inscritos. Lógico que estou muito feliz, é um título bom de ter, chama publicidade. Mas como ainda é muito recente, segue tudo igual‘, diz ele, durante a segunda edição do YouTube Fanfest, que reuniu cerca de 120 youtubers e 800 fãs no Espaço das Américas, em São Paulo.

Ao passar pelo tapete vermelho no evento, ele tinha o nome aclamado pelos inúmeros fãs, que pediam selfies e autógrafos a ele.

Whindersson contou que desde a criação do canal, quando ele tinha apenas 15 anos, já esperava fazer sucesso. ‘Quando comecei já imaginava que conseguiria alguma coisa, porque sou uma pessoa muito esforçada. Mas não que fosse ser o primeiro.‘

Para Fabio Coelho, diretor-geral do Google no Brasil, o sucesso desses youtubers se deve à democratização de produção que a plataforma permite. ‘O conteúdo que eles produzem é interessante. Não para todo o mundo, claro. Mas o conteúdo tem de ser relevante para o público-alvo deles‘, afirma.

Na avaliação do executivo, esses jovens produzem com talento material que a TV não tem feito.

Com postagens inéditas ao menos duas vezes por semana, o piauiense conta em seu canal fatos do dia a dia, piadas e exibe seus clipes de paródia.

Além do canal no YouTube, Whindersson faz shows de comédia e deve participar de dois filmes do gênero no próximo ano. Nas telonas terá a oportunidade de contracenar com humoristas que o inspiraram. É o caso de Danilo Gentili, Tom Cavalcante e Tirulipa, filho de Tiririca. ‘Desde criança assisto a esses caras, gosto principalmente do Tirulipa‘, afirma.

INFLUENTE

De acordo com pesquisa divulgada pelo Google, Whindersson é a segunda personalidade brasileira mais influente entre os mais jovens com idades entre 14 e 17 anos, atrás apenas de Luciano Huck.

Feita em parceria pelas consultorias Provokers e Meio&Mensagem, a pesquisa ouviu mil adolescentes das classes A, B e C, nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil.