Economia

China estabelece meta de crescimento da economia entre 6,5% e 7% em 2016

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A China estabeleceu uma meta de crescimento da economia entre 6,5% e 7% em 2016, informou o "Wall Street Journal" nesta sexta-feira (4).
Além de mirar em um alvo no ano, o país asiático ainda pretende crescer, em média, 6,5% ao ano nos próximos cinco anos.
De acordo com a publicação, as metas representam um estímulo na segunda maior economia do mundo, mas que podem ser difíceis de serem alcançadas.
Ao adotar uma meta pela primeira vez em vinte anos, a China deu uma flexibilidade maior ao sistema, traçando uma meta com antecedência.
O governo chinês, entretanto, ainda afirma que a estabilidade econômica é a prioridade do país, após um ano marcado pela turbulência que afetara todo o mundo, informou o jornal.