Mais lidas
Economia

Governo anuncia R$ 83 bi de crédito; FGTS vira garantia de consignado

.

VALDO CRUZ, SOFIA FERNANDES, FLÁVIA FOREQUE E ISABEL VERSIANI
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O total do crédito que o governo vai injetar na economia, anunciado pelo ministro Nelson Barbosa (Fazenda) nesta quinta-feira (28), durante reunião do CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social), será de R$ 83 bilhões.
A grande novidade será a autorização do uso da multa e de parte do saldo do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) como garantia de crédito consignado para trabalhadores do setor privado demitidos sem justa causa. A expectativa é de gerar R$ 17 bilhões de crédito com essa modalidade.
Para crédito rural, serão destinados R$ 10 bilhões. Para crédito habitacional, com recursos do FGTS, serão mais R$ 10 bilhões.
Para infraestrutura, por meio dos recursos do FI-FGTS, serão mais R$ 22 bilhões em linhas de crédito.
Para capital de giro de pequenas empresas serão dedicados R$ 5 bilhões, por meio do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).
Para investimento em máquinas e equipamentos, o governo trabalha numa linha de crédito do BNDES de R$ 15 bilhões.
Para empresas exportadoras, serão liberados R$ 4 bilhões de crédito.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber