Economia

Mercado de trabalho dos Estados Unidos tem nova alta

.

THAIS BILENKY
NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) - Em dezembro, 292 mil postos de trabalho foram criados nos Estados Unidos, mantendo a taxa de desemprego em 5% pelo terceiro mês consecutivo, informou o governo americano nesta sexta-feira (8).
Os setores de serviços, construção, saúde e alimentação puxaram a alta. Mineração continuou a perder postos.
O número de vagas criadas é superior ao previsto, ao redor de 200 mil, e revisões dos meses anteriores puxa a média mensal desde outubro para 284 mil. Os novos dados apontam criação de 307 mil postos em outubro e 252 mil em novembro.
Os ganhos médios por hora do trabalhador do setor privado tiveram leve baixa de US$ 0,01, para US$ 25,24.
No último mês, o setor de serviços teve a maior alta, 73 mil novas vagas, com 34 mil delas temporárias. No ano de 2015, a área criou 605 mil postos. No anterior, foram 704 mil.
O setor de construção também teve um desempenho pior na geração de vagas. Em 2015, foram 263 mil, ante 338 mil em 2014.
Os números do desemprego e inflação são monitorados pelo Federal Reserve, o banco central americano, nas decisões sobre o ritmo de elevação da taxa básica de juros do país.