Facebook Img Logo
Mais lidas
Economia

Governo adia início de desligamento de sinal de TV analógica para fevereiro

.

JULIO WIZIACK
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro André Figueiredo (Comunicações) adiou o desligamento do sinal da TV analógica em Rio Verde (GO) para 15 de fevereiro. Até lá, o índice de receptores de TV digital aberta no município deverá atingir 90%.
Para isso, as teles deverão instalar receptores em 17 mil domicílios inscritos no cadastro único de programas sociais do governo federal no município goiano. Essa medida será, segundo apurou a reportagem, suficiente para atingir o índice. No entanto, o sinal analógico da TV aberta em Rio Verde será desligado mesmo que a meta não seja atingida até lá.
Quem não estiver preparado só voltará a ter sinal de TV quando comprar uma TV com receptor ou instalar conversores nas TVs antigas.
Para o desligamento hoje, pelo menos 93% dos domicílios precisam ter receptores de sinal digital. Ainda não está definido se o índice cairá para 90% nas demais localidades daqui em diante. Isso depende de uma negociação em curso entre o governo, emissoras de TV e as operadoras de telefonia.
CONTA
A resposta final deveria ter sido dada nesta segunda (14), mas as teles ainda estão discutindo o assunto.
Elas aceitam o novo índice e o novo cronograma para o país, desde que os receptores e antenas fornecidos aos beneficiários dos programas sociais sejam contabilizados imediatamente no índice.
Isso é importante porque as teles são responsáveis somente pelo fornecimento dos equipamentos. Caso o dono do domicílio não faça a instalação comprometerá o índice em uma nova pesquisa de cobertura de sinal digital. Na última pesquisa em Rio Verde, feita pelo Ibope, o índice foi de 78%.
Além disso, as teles querem que os domicílios que têm TV a cabo também sejam contabilizados. Afinal, eles têm no pacote a programação da TV aberta.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber