Mais lidas
Economia

Venda de títulos do Tesouro Direto alcança R$ 1,37 bi em agosto

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Impulsionadas pela ação dos pequenos investidores e pelo aumento do número de aplicadores, as vendas de títulos do Tesouro Direto atingiram R$ 1,377 bilhão em agosto. No mês, 15.187 novos aplicadores se cadastraram no Tesouro Direto. Assim, o número total de investidores cadastrados no fim de agosto atingiu 552.166, o que representa aumento de 31,8% nos últimos doze meses. O número de investidores ativos chegou a 187.513, variação de 60,9% nos últimos 12 meses. As informações são da Agência Brasil.
O Tesouro Direto é um programa do governo federal criado em 2002 e desenvolvido em parceria com a Bolsa de Valores de São Paulo para venda de títulos públicos para pessoas físicas, por meio da internet.
Os resgates totalizaram R$ 390,4 milhões, dos quais R$ 321,8 milhões relativos às recompras (renovação) e R$ 68,6 milhões referente aos vencimentos. O saldo resultou em vendas líquidas de aproximadamente R$ 987,5 milhões, um novo recorde, informou o Tesouro Nacional.
Foram realizadas, em agosto, 112.993 operações de venda de títulos a investidores. O interesse dos pequenos investidores pelo programa pode ser verificado pelo número de vendas de títulos até R$ 5 mil, que correspondeu a 66,3% das vendas ocorridas no mês. "O valor médio por operação, neste mês, foi R$ 12.194,38", informou o Tesouro Nacional.
Entre os títulos indexados à inflação, os destaque são o Tesouro IPCA e Tesouro IPCA com juros semestrais. O IPCA é o Índice de Preço ao Consumidor Amplo, utilizado pelo governo para estabelecer as metas de inflação. Esses títulos, informou o Tesouro, tiveram participação nas vendas de 60,4%.
Os títulos prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais) corresponderam a 12,5% do total e os indexados à taxa básica de juros (Tesouro Selic), 27%. O título prefixado permite ao cidadão conhecer a rentabilidade que terá no momento da aplicação.
Em relação ao prazo de emissão, 17,6% das vendas no Tesouro Direto no mês corresponderam a títulos com vencimentos acima de dez anos. As vendas de títulos com prazo entre 5 e 10 anos representaram 41,8% e as com prazo entre 1 e 5 anos, 40,7% do total.
O estoque total de títulos do Tesouro Direto chegou, em agosto, a R$ 20,61 bilhões, o que significa aumento de 5,9% em relação ao mês anterior (R$ 19,47 bilhões) e aumento de 47,6% sobre agosto de 2014 (R$ 13,97 bilhões).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber