Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Economia

Mercadante diz que rebaixamento do Brasil depende de ambiente político

.

FABIO MONTEIRO E FLÁVIA FOREQUE
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Um possível rebaixamento do Brasil pelas agências de classificação de risco depende do êxito do governo em buscar a estabilidade fiscal e econômica, além de um ambiente político que ajude, defendeu o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante.
"Se não melhorar política, não melhora a economia. Acho que as lideranças da base, tanto da Câmara quanto do Senado, estão conscientes desse desafio", afirmou Mercadante, após cerimônia no Palácio do Itamaraty.
Nesta terça (11), a agência de classificação de risco Moody's cortou nota de crédito do Brasil. Com a decisão, o país ocupa agora o nível mais baixo entre os países com grau de investimento.
Mercadante também criticou a oposição, ao afirmar que ela também tem um papel importante em assuntos que são políticas de Estado. "A oposição tem que questionar, fiscalizar, cobrar, mas ela também tem responsabilidades", disse.
O ministro fez elogios ao presidente do Senado, Renan Calheiros, exaltando sua capacidade de enfrentar crises e da consciência do senador para que a Casa promova a estabilidade do Brasil.
"Ele tem respaldo das principais lideranças e de vozes da oposição, que tem responsabilidade econômica e política", disse.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Economia

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber