Mais lidas
Economia

Dona do "Financial Times" estuda venda do jornal, diz agência

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A editora britânica Pearson está explorando a venda do jornal "Financial Times" após receber sondagens de potenciais compradores, segundo a agência de notícias "Bloomberg".
A Pearson estava sondando potenciais compradores do jornal, em um acordo que pode chegar a US$ 1,6 bilhão, ainda de acordo com a Bloomberg.
Um porta-voz da Pearson disse que o grupo não comenta sobre rumores ou especulações.
A Axel Springer, editora alemã de jornais como o "Bild", seria uma das interessadas, disse a "Bloomberg". Um porta-voz da Axel Springer, no entanto, recusou-se a comentar.
A venda do jornal global de negócios, que no ano passado atingiu o número de 720 mil assinantes (sendo 70% assinaturas digitais), tem sido objeto de especulação há muito tempo já que a Pearson tem priorizado a área de educação.
A empresa não divulga os resultados financeiros do "Financial Times". A unidade de educação, da qual o jornal faz parte, teve um faturamento de 1,15 bilhão de libras (US$ 1,8 bilhão em valores atuais) no ano passado.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber