Mais lidas
Economia

Nova empresa da Caixa terá ativos de três companhias de seguridade

.

EDUARDO CUCOLO
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Caixa deu mais um passo na terça-feira (30) para agilizar a venda de parte dos seus negócios na área de seguridade.
O banco estatal transferiu seus negócios nas áreas de seguros, capitalização, previdência complementar aberta, consórcio, corretagem de seguros e atividades afins, anteriormente detidos pela Caixapar, para a empresa Caixa Seguridade.
Esses negócios incluem 48,21% da Caixa Seguros Holding, 49% da Pan Seguros e 49% do capital votante e total da Pan Corretora.
O governo pretende, até o final deste ano, abrir o capital da Caixa Seguridade, com a venda de, no mínimo, 25% das ações da empresa na Bolsa de Valores.
A operação tem como objetivo melhorar as receitas do governo federal neste ano e ajudar no cumprimento da meta de superavit de R$ 55,3 bilhões para 2015.
A empresa é avaliada em R$ 30 bilhões, o que pode gerar uma arrecadação de pelo menos R$ 7,5 bilhões para o Tesouro Nacional.
Operação semelhante foi realizada em 2013 pelo Banco do Brasil, que também separou seus negócios nessas áreas em uma nova empresa com ações negociadas na Bolsa.
A expectativa do governo é entrar com o pedido de abertura de capital na CVM (Comissão de Valores Mobiliários) em julho e realizar a operação em outubro ou novembro.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber